quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Brasília, Cidade Provinciana...

Esse Governador de Brasília é uma piada...
Não sei nem como descreve-lo, sei que fico MUITO FELIZ por não ter votado nele e nem ter pensado na hipótese...
Depois do infeliz do Roriz veio esse que o que tem de careca tem de inteligência e puxa saquismo.
De tantas que o diguiníssimo Governador vem fazendo, mais uma...


Aqui em Brasília a lei seca prevê que todos os bares fechem à uma hora da manhã de domingo à quarta-feira. E de quinta a sábado, podem ficar abertos até às duas. Está bem, então quer dizer que se for meu aniversário e for comemorado em um bar, uma hora após os parabéns todo mundo embora?

Ou então posso fazer o que o ilustríssimo administrador de Brasília Ricardo Pires sugeriu... Comemorar em um dos bares do setor comercial sul... Ora, senhor administrador, com todo respeito VAI TOMAR NO CÚ! Mande sua família para lá! Sua mulher, suas filhas, isso se você tiver família, porque para mandar as pessoas de bem freqüentar um local daqueles, com assalto, travestis "trabalhando", prostitutas idem, francamente, só em suas ideias mesmo!

Sentiu-se ofendido? Eu também.

E tem mais, se você fosse realmente um bom administrador teria já colocado ordem no SCS e feito uma área de lazer DESCENTE E FAMILIAR!

Concordo com Cleyton Machado que é presidente do sindicato de bares e restaurantes daqui de Brasília que diz ser inconcebível que as pessoas do Rio, São Paulo, Curitiba e Belo Horizonte que vem para Brasília à uma hora da manhã vão ter que se recolher, ir para o hotel.

Sugestão, melhor para os turistas nem saiam dos hotéis, dou vários motivos... Taxi caro, o setor hoteleiro é ponto de prostituição, os produtores não tem apoio para bons eventos, ônibus? Nem pensar, meia noite param de circular, deixando à pé até mesmo os eleitores trabalhadores que saem de seus empregos após a meia noite dependendo da boa vontade de caronas e quando não tem, andam a pé até a rodoviária e ainda assim tem que esperar até os ônibus voltarem a circular... Moro na Asa Sul e vejo muito isso quando volto de madrugada para casa...

Voltando ao assunto, é uma cidade morta, sem atrativos, e agora sem diversão!

Conselho; Não venham em Brasília a passeio... NUNCA!

Capital do Brasil...

Ô turismo arretado de bom!

Que absurdo!
Quando penso que Brasília vai melhorar vem um asno careca FUDER tudo!Fico revoltada apesar de amar minha cidade, quando saio de um evento, ou vejo um filme até tarde ou até mesmo TRABALHO ATÉ MAIS TARDE e tenho fome e preciso comer algo, só me resta o Sabor Brasil na 302 sul porque os restaurantes estão fechados e não existe entrega após meia noite, enquanto no Rio ou São Paulo vc pode escolher qual o tipo de comida quer degustar. Aqui não, ou o Sabor Brasil com caldos baratos, ou o Roma (que eu adoro e admiro o serviço), mas que também não saio de lá sem gastar menos de R$ 80,00.

Ainda bem que tenho carro porque senão ainda teria que ficar com fome porque não há serviço de entrega de comida após a meia noite!


Voltando aos Bares...

A proposta é de que os bares fechem à uma hora da manhã de domingo à quarta-feira. E de quinta a sábado, podem ficar abertos até às duas. Se um dos bares de Brasília vende em média 60 caixas de cerveja por dia, com a mudança no horário de fechamento, calcula-se que se deixe de vender 15 caixas, que já contabilizam 360 garrafas. E ainda tem os comes todos, que não serão mais servidos. Somando tudo, o prejuízo pode passar de R$ 30 mil por mês!
Foi feito um acordo entre a Administração de Brasília e o Sindicato de Bares e Restaurantes. Os principais motivos dessa absurda alteração são as reclamações de moradores devido ao barulho e à sujeira deixada pelos freqüentadores dos estabelecimentos.
Sujeira? Imposto não é para pagar SMU? Gari? AH... O dinheiro do imposto sumiu... Só pode!

Deixemos a diversão de lado e pensemos nas pessoas que vão perder seus empregos, que tem família para sustentar...
Que governo é esse que desampara quando deveria suster a queda de seus eleitores, que não pensa no turismo ou até mesmo em seus cidadãos em prol de barulho e reclamação dos moradores...
Pensasem antes de construir prédios tão perto dos comércios, ou permitir os bares nos mesmos...

Bras-ilha é uma cidade provinciana mesmo!

Acho isso muito pequeno para que as pessoas percam seus empregos e nós nossa ESCASSA diversão, por que Brasília é triste, não tem apoio para a NADA quando se trata de diversão, enfim...

Onde esta o famoso ditado os incomodados que se mudem? Oras! Vão morar nos condomínios! Velharada inútil que só reclama, barulho também é vida!

Por isso Senhor Governador de M... (interprete como quiser), com todo o respeito e a liberdade de expressão a mim (pelo menos) concebida e garantida, estendo a ti também o que desejei a seu querido Administrador de Brasília!!!

Um comentário:

Deborah disse...

Ótimo, Luiza!!!
Parabéns! Vc retratou o que venho sentindo há um bom tempo: o vazio de morar nessa cidade do serviço público e onde a diversão não tem vez! Fico besta de ver uma cidade que não tem nem 50 anos, viver como se tivesse 1000 anos, pois nem SP que completa 454 anos, acontece isso! Sinceramente, eu desanimei de morar aqui; agora sei pq índices de divórcio e depressão são altos nesse "paraíso"... Aqui, vc tem 2 opções: ou vc é concursado ou vc não é nada, pois o concursado tem grana pra sair desse tédio todas as férias, feriados, finais de semana...passar um sabado nas boates do Rio e Sampa, talvez. Ontem fui ao calaf e um amigo levou um murro no olho, sem fazer nada, sem conhecer o cara que bateu! E pq? O "playboy" achou que meu amigo azarava a mulher dele... E pq isso acontece? Falta de opção, as pessoas se estressam, todos os lugares são clichês. Os bares fecham 1h, então, vamos tomar todas a partir das 18h e depois vamos causar confusão em lugares que fecham mais tarde. Muito obrigada, Luiza! Vc me deu a oportunidade de desabafar! Achei que fosse só eu a inconformada e insatisfeita com a situação! Ouvi de "amigos" que Brasília é ótima, se não estou feliz, que vaze! Realmente, se pudesse, eu vazava mesmo! Mas esses mesmos que me chamam de chata, são ricos, empresários, concursados, enfim...
Mas valeu mesmo! continue "botando pra quebra", não vamos nos silenciar, senão, isso aqui vira um deserto!
Beijos, querida!
Deborah